Estratégia e mudanças - Nova base Debian

Tópicos relacionados com instalação e reposiçao do Linux Caixa Mágica.

Moderadores: DarkLord, 7luas

DarkLord
Mensagens: 113
Registado: quarta 05 ago 2009, 17:23

Estratégia e mudanças - Nova base Debian

Mensagempor DarkLord » segunda 03 jan 2011, 10:09

A Caixa Mágica aproveita a data de 1.1.11 para apresentar o anúncio de uma das maiores mudanças a que se propôs desde a sua criação:

A próxima versão da sua distribuição de Linux - a Caixa Mágica 16, prevista para Abril de 2011 - terá uma base Debian partilhando pacotes com Ubuntu e Mint.

Apesar do relacionamento próximo e profícuo que existe com a Mandriva desde 2007, existem vários factores que nos levaram a essa decisão.
Em primeiro lugar, temos a consciência que chegámos até aqui ouvindo os nossos utilizadores e clientes e não será agora que o deixarmos de o fazer. A mensagem que nos têm transmitindo é que gostariam de ter a base de suporte e comunidade da Caixa Mágica mas sobre uma base Debian, partilhando tecnologia com outras distribuições derivadas de Debian, como Ubuntu ou Mint.
Em segundo lugar, grande parte da tecnologia que temos vindo a desenvolver na distribuição e em projectos europeus de investigação está muito próxima de Debian. Com efeito, tem sido forte a aposta no APT como meta-instalador e ambicionamos partilhar esses desenvolvimentos com outras distribuições.
Finalmente, os projectos europeus de I & D que temos estado envolvidos permitiram-nos conhecer elementos da equipa de Debian que nos inspiraram e com quem fomos estabelecendo pontes.
Continuaremos a trabalhar com a Mandriva e a dar suporte aos produtos instalados, e em particular a CM 12, CM 14 e CM 15, com o mesmo profissionalismo que temos vindo a fazer.

Esta mudança insere-se na estratégia e objectivos traçados para os próximos 5 anos.
Se desde 2000, a Caixa Mágica se tem afirmado de forma ímpar no panorama português Open Source, seja como distribuição de Linux, I & D ou consultoria, acreditamos ter chegado ao momento de ao mesmo tempo que consolidamos a nossa posição no mercado nacional mas passar também a endereçar o mercado internacional.
Para esse efeito, apostaremos em manter a comunidade e apostar em ser um player global com especial incidência em quatro áreas principais do mundo Linux:

networking / mobile: fornecendo o melhor suporte de rede a nível de distribuições de Linux, beneficiando do esforço conjunto do projecto europeu ULOOP, e afirmando-nos como player na plataforma Android (através de apostas globais como o Aptoide / Bazaar)
meta-instaladores: continuando a desenvolver o APT e integrando o suporte para rollback e solving em soluções empresariais como as que perseguimos com os parceiros do projecto europeu projecto Timbus.
green computing: porque acreditamos que o Linux tem de estar preparado para os desafios energéticos que se nos colocarão (poupança de energia, virtualização,...)
consultoria open source em grandes projectos com vertente internacional: continuaremos a afirmar-nos como os parceiros para projectos ambiciosos com tecnologia open source, com um foco da produtização e aposta no mercado global. Eventualmente, subindo na cadeia e apresentando soluções aplicacionais open source para médias empresas mas sempre com focos concretos e apostas específicas

De 1 de Janeiro de 2011 a 31 de Dezembro de 2015, poderão contar com o nosso empenho, dia a dia, hora a hora, na concretização da visão que acima foi apresentada. Podem contar com aquilo que nos caracterizou nos últimos 10 anos:

Linux e Open Source inteligente. Logo, eficaz.

Bom ano de 2011 para todos os utilizadores de Caixa Mágica. Bom Linux.
Cumprimentos
A equipa Caixa Mágica

Imagem

mgsABfnc
Mensagens: 39
Registado: quinta 17 jun 2010, 15:02

Re: Estratégia e mudanças - Nova base Debian

Mensagempor mgsABfnc » segunda 03 jan 2011, 16:12

Neste momento, utilizo a CM15 quase em exclusivo, em casa e no trabalho.

Acho a CM15 simplesmente espectacular :D . O único defeito é o que é referido no início deste post: a demora no lançamento das actualizações. Não sei se o problema tem a ver com a Mandriva ou não, ou se é só da Caixa Mágica, mas acho que não era tão evidente nas versões anteriores :? .

Compreendo que a CM queira mudar a base da sua distribuição. A Mandriva parece estar quase a fechar, já houve um fork da distribuição, portanto a mesma tem um futuro incerto. Além disso, têm desenvolvido muito software baseado em Apt.

Quando a CM abandonou a base OpenSuse (na altura em que a Novell assinou aquele acordo polémico com a Microsoft), fez uma alteração para bem melhor. A CM 15, volto a dizer, é, para mim, o melhor Linux que existe :) . E não é apenas Mandriva com cores diferentes, tem as suas especificidades próprias que fazem com que a Mandriva não seja tão boa como a CM.

Agora, em relação a este salto para Debian, acho que é preciso ter cuidado, pois pode correr bem ou mal, consoante a forma como for feito.

Tenho também a oportunidade de usar o Ubuntu em dois computadores (primeiro foi o 9.10, depois o 10.04 normal e NBE, e também o 10.10).

Aquilo que noto é que o Ubuntu não é uma distribuição estável. É muito user friendly, tem muito eye candy, mas não é estável. Há muitas coisas, quer a nível de hardware, quer a nível de software, que dão erros "idiotas" e que não deviam dar erro. O suporte a vário hardware no Ubuntu não é bom.
O Ubuntu parece uma versão beta de Linux.

E o Kubuntu é de uma pobreza franciscana. Sou utilizador preferencial de KDE (e utilizo a CM 15 KDE), mas a implementação do Kubuntu é muito má. Além disso, o Kubuntu parece estar sempre atrás da versão Gnome...

E acho que a Canonical aposta um pouco numa "estupidificação" do Linux e do seu utilizador. Ao contrário das várias CM's, que têm várias ferramentas para ajudar o utilizador a fazer as várias coisas, mas em que o mesmo não perde o 'contacto' com o sistema operativo.

Um exemplo é os PPA (Personal Package Archives): facilitam a instalação de software, mas também podem fazer um utilizador adicionar repositórios de fontes que podem ser duvidosas. Além disso o utilizador iniciado não sabe verdadeiramente o que está a fazer. Não sei se estou a me explicar bem, mas a questão está lá e a CM é diferente nisso, para melhor.

Pelo que leio no comunicado da estratégia dos próximos 5 anos, parece que a CM 16 (e 17, e...) vai ser baseada em Debian e não em Ubuntu.

Penso que a mudança para base Debian, a ser bem feita deve ser feita realmente para base Debian (e não Ubuntu ou Mint), podendo ir "beber" alguns drivers de hardware, alguns pacotes ao Ubuntu e ao Mint. Mas sempre mantendo o seu núcleo Debian :!:

Claro que mudar para base Debian implica mudar para uma aparência diferente da Debian, que é meio pobre. Falo de desktop, ícones, temas, wallpaper, etc. Mas sem copiar a do Ubuntu ou Kubuntu, que é horrível. No caso da CM15, gostei da aparência, mas instalei um tema de cores de tons verdes, chamado Opensuse.org, e fiz ligeiras adaptações ao mesmo, para ficar mais ao meu gosto e a condizer com a predominância verde da CM.

Acho que ninguém quer que a CM seja apenas um *buntu, uma Caixa Mágiquntu :shock:

Seja qual for o caminho, penso que a equipa e a direcção da Caixa Mágica irão criar mais uma excelente distribuição :mrgreen: . Mas a base Mandriva vai deixar saudades :cry:

Continuem o bom trabalho. Já agora, existe algum sítio onde possamos acompanhar o desenvolvimento da nova distribuição?

Espero que a equipa da CM leia estas sugestões que as pessoas vão deixando aqui.

E penso que a CM poderá ter um caminho positivo na internacionalização, talvez mais nos PALOPs, Brasil e Timor-Leste. Já na área do Android, podem chegar a todo o mundo...

Bom ano para todos e desculpem o tamanho deste mail.

Cumprimentos.

kuruka
Mensagens: 41
Registado: quarta 02 dez 2009, 01:48
Localização: Rio de Janeiro, Brasil
Contacto:

Re: Estratégia e mudanças - Nova base Debian

Mensagempor kuruka » sábado 22 jan 2011, 18:19

:o
É uma pena que o CM não manterá mais a sua base no Mandriva. A mandriva está em plena recuperação. Acho que no mínimo deveria manter as duas bases. Inclusive, já foi criado até um fork do mandriva. Leiam em http://www.guiadohardware.net/noticias/ ... ageia.html
abraços.
:shock:
Visitem o forum do meio ambiente em http://meioambiente.forumsomeu.com/
e http://www.aptosid.com.br

Guia não oficial do mandriva linux em http://docs.mandriva-br.org/2009.0/docs ... riva_linux

BlueEon
Mensagens: 64
Registado: segunda 24 mai 2010, 18:58

Re: Estratégia e mudanças - Nova base Debian

Mensagempor BlueEon » terça 25 jan 2011, 22:35

Manter as duas bases era bom! quem gosta-se de debian adquiria debian, quem gosta-se de mandriva adquiria mandriva!
Não sei se a CaixaMágica teria capacidade para o fazer, este ano eles estão com dificuldades nos updates e é só uma versão, agora imagina com duas?

Eu gosto de mandriva, experimentei mint kde, mint debian , debian6 kde e não me impressionaram nada! e também têm os seus Bugs!

Quando é que teremos acessso à primeira Beta?

madhatter
Mensagens: 560
Registado: terça 04 ago 2009, 10:06

Re: Estratégia e mudanças - Nova base Debian

Mensagempor madhatter » quarta 26 jan 2011, 09:26

Ainda não percebi a questão com os updates... eu não notei nada de especial...

É claro que não há updates de major versions, tipo passar de KDE 4.4.3 para 4.4.5 ou de OpenOffice 3.2 para 3.2.1.. mas isso SEMPRE foi assim na Caixa Mágica... e é assim com qq distribuição estável....

Numa distribuição estável os únicos updates são de bugs criticos e questões de segurança, senão é impossível manter alguma estabilidade na distribuição.

Claro que isso não significa que uma determinada funcionalidade ou bug só consiga ser corrigida com uma major release mais recente, mas é impensável para corrigir um problema de alguns utilizadores poder tornar a distribuição instável para todos...

Esses têm que esperar por uma nova versão da distribuição, ou então esperar que alguém - e pq não eles próprios, se não sabem aprendem.... - empacote não oficialmente essas novas major releases... E coloque no contribware...

BlueEon
Mensagens: 64
Registado: segunda 24 mai 2010, 18:58

Re: Estratégia e mudanças - Nova base Debian

Mensagempor BlueEon » quarta 26 jan 2011, 17:19

madhatter o que dizes não bate certo! isso é conversa para enganar leigos!

As novas versões servem para corrigir problemas das suas antecessoras, no OpenOffice 3.2.1 foram corrigidos muitos bugs detectados na versão 3.2.0, então a versão mais estável e a 3.2.1 e não a 3.2.0 que encontramos na CM15, a mesma coisa acontece com o KDE, a versão 4.5.5 é mais estável que a versão 4.4.3 da CM15, se a CM quer estabilidade também tem que actualizar estes pacotes, se não o faz é para não terem trabalho de o fazer e não uma questão de estabilidade!
Se no Linux a actualização de programas fosse tão fácil quanto o WIndows que é só dois cliques, nós não precisaríamos da CM para nada! nós próprios faria-mos a actualização do sistema, mas em Linux as coisas são muito mais complicadas e actualizar o KDE não deve ser nada fácil, é preciso saber!
Agora, fácil é passar a batata quente para as mãos dos utilizadores! eles que o façam! nos e só para receber os euros quantos mais melhor!

Mais complicado seria criar dois tipos de mirror's, um estável com versões mais maduras, e o outro para versões mais recentes de software instavél! depois o utilizador optava por um dos dois mirror's...

A CM vendeu milhares de cópias linux, onde pára essa gente toda? aqui no forum é só meia dúzia de veteranos! mil e poucos registos num universo de 500mil vendas"digo eu", algo está errado!

madhatter
Mensagens: 560
Registado: terça 04 ago 2009, 10:06

Re: Estratégia e mudanças - Nova base Debian

Mensagempor madhatter » quinta 27 jan 2011, 09:34

Então explica lá porque é que a versão estável da debian, considerada a mais fiável distribuição existente tem pacotes tão pouco actualizados? É pq não têm pessoas suficientes a trabalhar?

Tens que saber distinguir bleeding edge de estabilidade...

A CM com certeza está a trabalhar na nova versão, onde aí sim vai dar garantias de que os últimos pacotes integram todos na distribuição sem grandes problemas... Mas nunca vão numa versão estável colocar versões bleeding edge de aplicações criticas... porque se para os desktop-users mais tradicionais talvez até fosse interessante não será de certeza para os utilizadores profissionais que querem é que tudo funcione bem, e não precisam do bleeding-edge para nada.

Falas como se a CM fosse a única distribuição que fizesse isto, quando TODAS as distribuições de relevo seguem exactamente esta politica.

As únicas que não o fazem são as chamadas rolling-distributions, que não são assim muitas, e que precisamente por isso nunca são consideradas estáveis o suficiente para serem usadas profissionalmente.

portaro
Mensagens: 85
Registado: quarta 03 nov 2010, 17:33
Contacto:

Re: Estratégia e mudanças - Nova base Debian

Mensagempor portaro » sábado 29 jan 2011, 18:08

Queria aqui dar ânimos aos users caixa mágica e que esse caminho de base Debian seja proveitoso.
Gostaria de saber porque o mandriva não oferece futuro como companheiro do CM.

Deixo ainda uma dica visitem o Epidemic LInux a distro que eu uso e vejam o trabalho aproveitando a base debian e total compatibilidade + programas próprios.

Eu sou membro da equipe e posso garantir que foi feito um trabalho extraordinário nesta distro.

Abraço

kuruka
Mensagens: 41
Registado: quarta 02 dez 2009, 01:48
Localização: Rio de Janeiro, Brasil
Contacto:

Re: Estratégia e mudanças - Nova base Debian

Mensagempor kuruka » sábado 29 jan 2011, 18:35

portaro Escreveu:Queria aqui dar ânimos aos users caixa mágica e que esse caminho de base Debian seja proveitoso.
Gostaria de saber porque o mandriva não oferece futuro como companheiro do CM.

Deixo ainda uma dica visitem o Epidemic LInux a distro que eu uso e vejam o trabalho aproveitando a base debian e total compatibilidade + programas próprios.

Eu sou membro da equipe e posso garantir que foi feito um trabalho extraordinário nesta distro.

Abraço

:lol:
amigo portaro,
Sábias palavras. Apoiado! Temos sentido a sua falta também lá no aptosid Brasil. O epidemic gnu linux para quem quiser conhecer fica aqui em http://www.epidemiclinux.org/
abraços.
:mrgreen:
Visitem o forum do meio ambiente em http://meioambiente.forumsomeu.com/
e http://www.aptosid.com.br

Guia não oficial do mandriva linux em http://docs.mandriva-br.org/2009.0/docs ... riva_linux

portaro
Mensagens: 85
Registado: quarta 03 nov 2010, 17:33
Contacto:

Re: Estratégia e mudanças - Nova base Debian

Mensagempor portaro » domingo 30 jan 2011, 15:37

Amigo kuruka companheiro do Epidemic, fico muito contente de ver pessoal da equipa epidemic também por aqui, a nossa família tem crescido isso atesta a nossa distro de eleição.

A Caixa mágica é também uma grande distro linux uma das melhores do mundo Linux, por isso espero que esta nova etapa seja proveitosa e a equipe CM se adapte bem ás exigências Debian.

O Epidemic é um bem exemplo de fiabilidade , uso , facilidade , desenvolvimento dentro do mundo Linux Debian Based.


Voltar para “Instalação e reposição”

Quem está ligado:

Utilizadores neste fórum: Nenhum utilizador registado e 1 visitante